>A pele é o maior órgão do corpo e a primeira barreira entre o organismo e o meio ambiente, desempenhando proteção contra injúrias físicas, químicas e microbiológicas. Assim, por ser um órgão tão exposto, o tegumento pode sofrer diversos tipos de agressões, ocasionando as dermatopatias, que corresponde grande parte da casuística nos hospitais veterinários em todo mundo. Já se fala na prevalência de 25 a 80% das queixas dos responsáveis envolve a pele, sendo a coceira o sinal mais relatado, além de queda de pelo, descamação, lambedura de patas e feridas.

Dentre essas dermatopatias temos as alérgicas, bacterianas (piodermites), fúngicas, parasitárias (sarnas), psicogênicas (comportamentais), neoplásicas, autoimunes e endócrinas (hormonais), incluindo também otites (inflamação e infecção dos condutos auditivos).

Compete a esta especialidade veterinária a prevenção e tratamento das doenças de pele. O histórico do surgimento dos sinais, presença ou não de coceira, padrão de lesões e hábitos do animal são informações que enriquecem e auxiliam no diagnóstico, mas também pode se lançar o uso de exames complementares que incluem rotineiramente exame parasitológico de raspado cutâneo ou do cerúmen, otoscopia, citologia tegumentar (das lesões) ou otológica (do cerumén), histopatológico (biopsia de pele), tricograma (avaliação do pelo), cultura bacteriana e antibiograma, micologia pela lâmpada de Wood, cultivo fúngico, dosagens hormonais, entre outros, contribuindo para um diagnóstico mais detalhado e consequente tratamento do paciente.

A veterinária

maritebaldi

Perfil completo…

Ser Médica Veterinária…

É sentir, doar, respirar, compadecer no amor…
É proteger, cuidar, respeitar, valorizar e presenciar : a vida!

LOCAl DE ATENDIMENTO

Jardim Aquarius (DermatoVet) Rua dr. Orlando Feirabend Filho 117, SALA 06

Telefones: 12 3922-2343, 12 99616-0042 (whatsapp)